Grizzled Young Veterans e Toni Storm novos campeões; Pete Dunne retém



Data: 12 de janeiro de 2019
Arena: Empress Ballroom
Localidade: Blackpool, Lancashire




NXT UK Tag Team Championship:
Moustache Mountain (Trent Seven e Tyler Bate) vs. Grizzled Young Veterans (Zack Gibson e James Drake)
Público britânico bastante divertido, a entoar cânticos quase como se estivessem num estádio de futebol. Quanto ao combate em si, os Grizzled Young Veterans acabaram por suster o ímpeto inicial dos Moustache Mountain e avançaram para um período alargado de domínio, enquanto Seven e Bate procuravam o hot tag e consequente comeback.
Quando o hot tag foi conseguido, Tyler Bate entrou a todo o gás e deu espetáculo, dando conta dos dois adversários de uma vez.
Ainda assim, o combate tinha mais para dar e os Grizzled Young Veterans também, seguindo-se uma final bastante equilibrada e emotiva na qual Gibson e Drake levaram a melhor, após um double team chamado Ticket to Mayhem.
Vencedores: Grizzled Young Veterans (Zack Gibson e James Drake) (primeiros campeões)
Nota: 8/10


Finn Bálor vs. Jordan Devlin
Travis Banks é que era para enfrentar Jordan Devlin, mas uma lesão antes do combate iniciar fez com que o britânico Finn Bálor fosse anunciado como substituto.
A perceção inicial era de que Bálor iria conquistar uma vitória rápida, mas Devlin resolveu complicar-lhe um pouco a tarefa e quase que alcançou o triunfo via count-out.
Apesar de Devlin ter vendido cara a derrota, Bálor lá saiu vitorioso, após um Coup de Grâce.
Vencedor: Finn Bálor
Nota: 7/10


Combate sem desqualificações:
Dave Mastiff vs. Eddie Dennis
Combate em que rapidamente entraram em cena objetos/armas como kendo sticks, cadeiras, degraus e mesas. Eddie Dennis mostrou bastante força para projetar o seu possante adversário, mas acabou por ser Dave Mastiff, com o público do seu lado, a alcançar a vitória, após plantar Dennis numa mesa.
Vencedor: Dave Mastiff
Nota: 7/10


NXT UK Women's Championship:
Rhea Ripley (c) vs. Toni Storm
Rhea Ripley começou por dominar a contenda, utilizando o seu maior poderio físico. Lenta, mas progressivamente, Toni Storm foi respondendo, dando aqui e ali um ar de sua graça. Depois de um segundo Storm Zero, Toni Storm lá alcançou a vitória.
Vencedora: Toni Storm
Nota: 6/10


WWE United Kingdom Championship:
Pete Dunne (c) vs. Joe Coffey
Combate bastante técnico, com muitas submissões de parte a parte, dando a certa altura a ideia de que se estava mais a arrastar do que propriamente a desenvolver.
A dada altura, os strikes e as projeções começaram também a ser parte integrante do duelo. Pete Dunne aplicou o Bitter End, mas os efeitos não passaram da near fall. O mesmo aconteceu após um violento Lariat de Coffey e vários golpes impactantes por parte de ambos.
A dada altura, Dunne executou pela terceira vez o Bitter End, mas Coffey safou-se. Imediatamente a seguir, Dunne aplicou uma submissão na mão e Coffey acabou por desistir.
Vencedor: Pete Dunne
Nota: 7,5/10