Jay Lethal e SoCal Uncensored continuam campeões



Data: 11 de novembro de 2018
Arena: Mattamy Athletic Centre
Localidade: Toronto, Ontário, Canadá




Kaitlin Diemond vs. Karen Q
Combate com golpes bem executados mas que não gerou grande entusiasmo. Na verdade, também não era espectável que gerasse, o que torna questionável a sua escolha para opener.
Depois de um Full Nelson Slam, Karen Q alcançou a vitória ao fazer Kaitlin Diemond desistir com um Boston Crab.
Vencedora: Karen Q
Nota: 4/10


Adam Page vs. Chuckie T
Combate equilibrado e dividido. Após sofrer um Lariat, Chuckie T respondeu com um violento Spike Piledriver. Depois, ambos tentaram desesperadamente alcançar a vitória, com esta a sorrir a Adam Page na sequência de um Rite of Passage.
Vencedor: Adam Page
Nota: 6/10


The Kingdom (Vinny Marseglia e TK O’Ryan) vs. Los Ingobernables de Japon (Tetsuya Naito e Bushi)
Combate regular de tag team, com a vitória a sorrir a Tetsuya Naito após um Destino.
Vencedores: Los Ingobernables de Japon (Tetsuya Naito e Bushi)
Nota: 6/10


Christopher Daniels vs. Matt Taven
Matt Taven esteve no comando das operações durante algum tempo, conseguindo até neutralizar os contra-ataques de Daniels ao fim de alguns segundos. Depois de algum tempo a ser acossado, Daniels aplicou o Angel Wings, mas não conseguiu capitalizar. No entanto, e após interferência dos The Kingdom, Matt Taven assegurou o triunfo na sequência de um Climax.
Vencedor: Matt Taven
Nota: 6,5/10


The Briscoes (Jay Briscoe e Mark Briscoe) vs. Los Ingobernables de Japon (Evil e Sanada)
Combate entretido, com ação dentro e fora do ringue, golpes impactantes e near falls. Depois de os LIJ terem estado bem posicionados para alcançar a vitória, esta sorriu aos The Briscoes, após uma cadeira de Mark e um Jay Driller de Jay em Sanada.
Vencedores: The Briscoes (Jay Briscoe e Mark Briscoe)
Nota: 7/10


Jonathan Gresham vs. Flip Gordon
Combate que estava a decorrer a bom ritmo até Flip Gordon se lesionar no joelho esquerdo após um Suicide Dive. Gresham aproveitou para comandar as operações durante largos minutos, tentando causar ainda mais estragos na perna esquerda de Gordon.
Ainda assim, o muito limitado Flip Gordon alcançou o triunfo após um Flip-5.
Vencedor: Flip Gordon
Nota: 6,5/10


ROH World Tag Team Championship:
SoCal Uncensored (Frankie Kazarian e Scorpio Sky) (c) vs. Super Smash Bros (Evil Uno e Stu Grayson)
Combate de tag team muito animado, com os SCU a revelarem grande química e espírito de equipa. Dinâmicos e voadores, estiveram em muito bom plano perante uns Super Smash Bros que raramente recorreram aos double teams.
Tudo parecia conjugar-se a favor de Kazarian e Sky, mas foram os candidatos principais que estiveram muito perto de levar os títulos para casa, depois de um Swanton Bomb de Evil Uno e um 450 Splash de Stu Grayson em Scorpio Sky. Mas Sky não só sobreviveu como deu a vitória à sua equipa após um double team em Grayson.
Vencedores: SoCal Uncensored (Frankie Kazarian e Scorpio Sky)
Nota: 8/10


Juice Robinson vs. Baretta
Combate entre dois lutadores bastante ágeis e rápidos. Juice Robinson, em excesso de velocidade, acabou por chocar com estrondo na barreira de proteção. Pouco depois, voltou a abusar no ímpeto, desta vez para embater com um ombro num poste.
A dada altura, depois de também ter falhado alguns golpes em que correu riscos, Baretta aplicou um Piledriver na borda do ringue, mas não conseguiu alcançar aí a vitória.
Numa reta final bastante dividida, ambos estiveram perto de garantir o triunfo. Após uma troca de chapadas e vários false finishers, Juice Robinson saiu vitorioso na sequência de um Pulp Friction.
Vencedor: Juice Robinson
Nota: 7,5/10


Quatro intervenientes que prometiam espetáculo e cumpriram: Os The Young Bucks sempre velozes e furiosos e os improvisados Sabin e Kushida a não ficarem atrás.
A dada altura, Matt e Nick Jackson aparentavam ter a vitória assegurada após um Meltzer Driver, mas não passou da near fall. Foi apenas uma questão de tempo, pois os Young Bucks acabaram por alcançar o triunfo, com Matt Jackson a fazer Sabin desistir com um Sharpshooter.
Nota: 7,5/10


ROH World Championship:
Jay Lethal (c) vs. Kenny King
Kenny King não perdeu tempo e nem sequer esperou pelo soar da campainha para atacar o campeão. O candidato principal mostrou-se muito focado em causar danos em Lethal, que por seu lado nunca permitiu que o adversário o dominasse durante um longo período.
A reta final foi rica em false finishers e reverses para ambos os lados, sempre sem certezas para que lado a vitória podia cair. Lethal procurou por várias vezes o Lethal Injection, mas sem sucesso. Kenny King conseguiu aplicar o Royal Flush, mas os seus efeitos não passaram da near fall. Pouco depois, Lethal lá acertou com o Lethal Injection, mas o assentamento que se seguiu também não chegou ao fim.
Frustrado, Lethal perdeu o foco e caiu num pin fall de Kenny King entretanto anulado por o candidato principal ter os pés nas cordas. O combate prosseguiu e Lethal aproveitou para executar o Lethal Injection vitorioso.
Vencedor: Jay Lethal
Nota: 8/10





















#ROH #ROHTVTitle #ROHTagTitles #ROHWorldTitle #THERESHANGMAN #GLOBALWARS