Falta menos de 1 mês, mas Bryan ainda sonha em lutar no mega evento

Imagem relacionada
Daniel Bryan foi recentemente entrevistado pelo The National e falou sobre sua posição atual como General Manager do SmackDown e a possibilidade de voltar a lutar nos ringue da WWE na Wrestlemania 34. Menos de 4 semanas para a celebração do show e com a rivalidade entre Shane McMahon com Kevin Owens e Sami Zayn em aberto, o ex-World Champion não descarta voltar ao ringue para lutar.

Eu não sei e não acho que eles saibam. Eu acho que tudo depende do fato de eu ser liberado ou não, no momento, não estou autorizado pela WWE, fiz tudo o que esteve ao meu alcance e tudo o que me pediram até agora. Todos os médicos que me viram, me disseram que eu tenho a chance de retornar, a WWE me deu pouca esperança, mas agora não é assim, embora eu não tenha sido demitido e não sei em que medida eu tenho a opção para fazer isso.
Daniel Bryan disse sobre a possibilidade de lutar em Wrestlemania.

Sobre a rivalidade entre Shane McMahon com Kevin Owens e Sami Zayn, Bryan destacou o talento dos dois lutadores: "Eu acho que existem muitas semelhanças entre Sami Zayn, Kevin Owens e eu. De onde viemos e também a percepção de não ter a aparência de ser um WWE Superstar, como aconteceu comigo na época. Mas eles têm habilidade e contam a história de forma muito natural ".

Em relação a esta notícia, a WrestleVotes publicou uma informação exclusiva na qual eles confirmam que a WWE ofereceu a Daniel Bryan o direito de retornar aos ringues na WrestleMania, mas o lutador não aceitou a oferta porque não estava interessado no desenvolvimento do contrato. No entanto, ainda não sabemos 100% se o portal se refere ao seu papel rumor como árbitro, uma intervenção física ou um combate.