Após muita polêmica, WWE volta atrás em sua decisão

Imagem relacionada
A WWE anunciou oficialmente a mudança do nome da Battle Royal feminina que irá ocorrer na WrestleMania 34, que anteriormente era "The Fabulous Moolah Battle Royal". Após a controvérsia levantada com o tributo a uma figura polêmica de Moolah, a empresa fez uma mudança oficial de nome para WrestleMania Women's Battle Royal.

O jornalista Ryan Satin, da Pro Wrestling Sheet, foi o primeiro a dar a notícia exclusivo, contatando funcionários da WWE que confirmaram o fato. David Bixespan, jornalista da Deadspin Independent, contactou a Mars Wirgley Confectionery US, um dos responsáveis pela Snickers, que é patrocinadora oficial da WrestleMania 34, para perguntar-lhe sobre sua posição nesta controvérsia. Mars Wrigley comentou o seguinte:

"Nós fomos informados recentemente de que a World Wrestling Entertainment Inc (WWE) decidiu homenagear uma antiga lutadora durante a WrestleMania 34. Como um negócio de princípios que há, muito se defendeu a criação de ambientes inclusivos que incentivem e capacitam todos para alcançar seu potencial máximo, isso é inaceitável, nos comunicamos com a WWE para expressar nossa decepção ".

90 minutos depois, a WWE emitiu o comunicado em que relataram a mudança de decisão:

"Depois de uma consideração importante, pensamos que é melhor prosseguir com o nome de 'WrestleMania Women's Battle Royal'. O que é mais importante é que esta luta histórica fará parte do compromisso inabalável da WWE com a Women's Division".

Depois disso, Mars Wrigley respondeu novamente, sinalizando sua aprovação para o movimento: "Estamos felizes com a decisão da WWE de continuar com o nome de 'WrestleMania Women's Battle Royal'".

Depois de toda essa controvérsia, a WWE está removendo conteúdo promocional da luta com o nome de Moolah, conseguindo remover o vídeo de anúncio que foi feito em RAW, e em suas redes sociais, como no YouTube. Além disso, Stephanie McMahon, veio as redes para fazer um comentário oficial através da sua conta no Twitter:

Tradução: Obrigado WWE Universe por usar sua voz. O que é mais importante é que a "WrestleMania Women's Battle Royal" será um combate histórico e fará parte do compromisso inabalável da WWE com nossa divisão de Mulheres. #WomensEvolution #MudançaDeNome


Como já havia sido informado, o anúncio do combate recebeu uma grande avalanche de críticas de grande parte dos fãs da WWE, que consideraram inapropriado relacionar a figura de Moolah com o histórico e moral da Battle Royal. Recentemente, Jeannine Mjoseth, uma das estudantes de Moolah, declarou que ela roubou dinheiro de suas alunas e ofereceu-as como prostitutas a homens desconhecidos, entre outros aspectos. Além disso, o Wrestling Outsiders, uma organização comunitária, solicitou a mudança da nomenclatura da batalha, com a intenção de substituí-la por outros nomes como Chyna, Lita ou Alundra Blayze.