O lutador do 205 Live fica livre depois que a promotoria retrai as acusações por falta de provas contra ele.


Como já relatamos, o lutador da WWE e  ex-campeão dos Cruiserweight, Rich Swann, foi preso em 10 de dezembro de 2017. O lutador foi preso pela polícia em Gainesville, Flórida, por violência e detenção ilegal de um adulto, acusações que foram impostas após uma disputa com sua esposa e atual parceira Vannarah Riggs (lutadora que trabalha sob o nome de Su Yung). Depois disso, Swann foi suspenso indefinidamente pela WWE por causa de sua política de "tolerância zero" em casos de violência doméstica e agressão.

Pro Wrestling Sheet e PWInsider confirmam que Swann será absolvido de todas as acusações. Pro Wrestling detalha que, de acordo com documentos judiciais, os promotores determinaram que não havia provas suficientes contra o lutador para mover o processo na forma de um julgamento, então eles pediram que todas as acusações fossem descartadas contra o ex-campeão.

Nos dias que se seguiram aos eventos, Su Yung publicou comentários a favor de seu marido em suas redes sociais, reduzindo a gravidade do assunto. Agora que as acusações foram retiradas, Rich Swann pode retornar ao 205 Live durante as próximas semanas  para competir regularmente. Embora o PWInsider e o Pro Wrestling Sheet tenham tentado entrar em contato com a WWE para confirmar a notícia, nenhuma mídia recebeu uma resposta por enquanto.